21.1.09

Paris, amanhã?

Só agora me toquei de como Paris faz parte da minha vida. E foi de uma forma muito engraçada.
Pelas andanças diárias em meu humilde acervo musical, me deparei que vários artistas adoram entitular canções com o nome da capital francesa. E eu não estou falando de Édith Piaf. Me refiro a bandas recentes e bem conceituadas pelos críticos de plantão.


Paris, Paris, Paris!

Claro que, pra quem entende um pouco de cinema, não é difícil perceber que o cenário preferido de 10 entre 10 cineastas é Paris. Roteiros românticos, melosos e cenas de partir o coração tem como plano de fundo Paris. A luminosa Paris.
Fácil citar alguns deles:

2 Dias em Paris
Antes do pôr-do-sol (ainda confusa sobre o hífen)
Paris, Je T'aime (o meu preferido e com curta de brasileiro na jogada)
Moulin Rouge (o cabaré mais tradicional imortalizado por Nicole Kidman e Ewan McGregor)

Tá, eu nunca fui até Paris. Mas todo mundo vai. Todo mundo quer Paris.

Paris na moda, Paris de ontem, Paris moderna, Paris amanhã, ontem, hoje, agora, vai! Tchau!
A Paris da Torre Eiffel, da luxuosa Champs-Élysées, do Arco do Triunfo, da Guerra dos Cem Anos, do Louvre, da Monalisa, dos Palácios, dos croissants.
A Paris que viu Chopin crescer e morrer, que espalhou Allan Kardec pelo mundo, a que me apresentou Camille que um dia vai cantar Paris em algum novo cd...

2 comentários:

Maísa disse...

meu, que lindo Hecaaa!! eu já te convidei e faltam duas coisas: aprender a falar "françois" e dinheiro. o primeiro é fácil, ams o segundo... te amo pepe. amei as fotos tbm hahaha kisses

cibelis disse...

uma estrela com luz própria.